Os canalhas também envelhecem! E, para comprovar isso, temos Lex Luthor em sua melhor forma, com 80 anos num corpinho de 40. Em comemoração ao octogenário vilão, separamos uma lista de todas às vezes que Lex Luthor teve sua personificação do mal estampada e interpretada em live-action. Acompanhe a linha do tempo para relembrar, e talvez até conhecer, quem já interpretou um dos vilões mais odiado e amado da DC Comics na telinha.

Alexander Joseph Luthor, ou apenas Lex Luthor, teve sua primeira aparição na Action Comics, em 23 de abril de 1940. Criado por Jerry Siegel e Joe Shuster, é um personagem de intelecto genial, bilionário, corrupto, magnata, cientista, filantropo e, não menos importante, inimigo direto de Superman, pois acredita que o Azulão é um perigo ao mundo dos mortais.

LYLE TALBOT
Atom Man vs. Superman (1950)

Aqui, temos a primeira aparição em live-action de Lex Luthor, interpretado pelo ator Lyle Talbot, no seriado “Atom Man vs. Superman”. O seriado produzido pela Columbia Pictures, em 1950, foi uma sequência da série Superman de 1948 e, a contrário do que parece, não era um seriado de TV. A produção era exibida semanalmente nos cinemas, em preto e branco.

Atom Man era o alterego de Lex Luthor, um cientista louco numa época em que isso realmente significava algo. Na trama, utilizava um sotaque alemão e uma máscara ameaçadora quando assumia a forma de Atom Man. Não é fácil ser o primeiro, mas o ator veterano é uma representação muito precisa de um Lex Luthor pós Segunda Guerra Mundial.

Uma das curiosidades, para a época, é que Talbot usava um couro cabeludo de borracha para criar o aspecto de calvície do personagem.

GENE HACKMAN
Superman: O Filme (1978) | Superman II (1981) | Superman IV: A Busca da Paz (1987)

Mas o debut de Lex Luthor em um longa nos cinemas, foi feito por Gene Hackman, facilmente o ator mais conhecido por interpretar o vilão. Apesar de vermos uma versão de Luthor mais ligado ao esquema imobiliário, vemos seu lado cientista em “Superman IV: A Busca da Paz”, quando Luthor cria o Homem Nuclear a partir de um material genético de Superman.

Hackman trouxe um charme arrogante que funcionou perfeitamente contra o Superman, de Christopher Reeve. Entregou um Lex, confiante e ardiloso, que serviu como base preparatória para outros atores que interpretaram Luthor, posteriormente.

Gene recusou ficar careca para o papel, o que exigiu que essa versão de Lex Luthor ostentasse uma variedade de apliques capilares elaborados, dando um efeito cômico para o personagem. A última cena que o ator aparece careca é por uso de uma touca de borracha, assim como Talbot usou para interpretar o vilão.

SCOTT JAMES WELLS
Superboy (1988)

Em 1986, a DC Comics reinventou Lex Luthor. O personagem deixou de ser um cientista louco que pretendia destruir o Superman a qualquer custo e tornou-se um bilionário respeitado, que escondia suas más ações atrás de obras de caridade. Após esta mudança, Scott Wells foi o primeiro ator a assumir o papel, em live-action, na primeira temporada da série televisiva “Superboy”.

O Luthor de Wells, que enfrentou um jovem Superman durante seus anos na faculdade, era um detestável garoto de fraternidade, envolvido em tudo, desde pequenos crimes no campus universitário até negócios no mercado negro. Infelizmente, este Lex, muitas vezes, se parecia mais com um personagem do filme “A Vingança dos Nerds” do que um inimigo realmente digno do jovem Superman. Após a primeira temporada, tanto o ator que interpretou o Superboy (John Haymes Newton), como Wells, foram substituídos.

SHERMAN HOWARD
As Aventuras do Superboy (1989-1992)

Sherman Howard substituiu Scott Wells no papel de Lex Luthor, na segunda temporada da série de TV “Superboy”. Howard presenteou os fãs com um Luthor mais familiar. Foi-se o grandalhão do campus universitário e deu-se a vez para um cientista louco sem nada a perder.

No início, Howard exagerou na interpretação, levando Lex a picos de alegria psicóticas, semelhantes e mais adequado ao Coringa, talvez inspirado pelo personagem de Jack Nicholson, que dava vida ao Joker no primeiro longa-metragem de Batman, dirigido por Tim Burton em 1989.

Na terceira e quarta temporadas, Howard cresceu no papel. Combinando sensibilidades clássicas de Luthor e com a base de Gene Hackman, Howard entregou uma das representações mais fiéis do personagem.

JOHN SHEA
Lois & Clark: As Novas Aventuras do Superman (1993-1997)

John Shea, apesar de pouco citado, entregou um Lex Luthor formidável em live-action. Na primeira temporada, interpretou um Luthor charmoso e espirituoso, não sendo apenas um rival do Superman, como também concorrente de Clark Kent, em relação ao amor de Lois Lane.

Um típico Luthor urbano, de humor gélido, acompanhado sempre de um charuto e/ou um copo de conhaque ou uma bela mulher ao seu lado. Foi impossível não gostar dessa versão interpretada por Shea!

MICHAEL ROSENBAUM
Smallville (2001-2011)

Sim, eu sei que a maioria de vocês estava ansioso pela aparição dele, nesta lista. E, cá estamos com um dos melhores Lex Luthor já visto em live-action, cantarolando “somebody saaaave me”, neste exato trecho, ao lembrarmos de “Smallville”

Embora o Luthor, de John Shea, tenha sido um personagem agradável ao público, sem dúvidas o Lex, interpretado por Michael Rosenbaum, fez você se questionar se queria vê-lo seguir o caminho da vilania, que todos sabíamos que era inevitável atingir.

Mesmo que a série de TV, fosse sobre a trajetória do adolescente Clark Kent, o show era, também, sobre Luthor. Lex, de “Smallville”, era confiante o suficiente para criar um destino diferente daquele do seu notório pai, Lionel Luthor (John Glover) e, frequentemente, leal ao seu melhor amigo, Clark Kent.

Muitos fãs ainda sonham em ver Rosenbaum interpretando o vilão em algum novo momento, já que o mesmo abraçou, com maestria, o destino inevitável do personagem.

KEVIN SPACEY
Superman: O Retorno (2006)

O retorno de um Lex Luthor obcecado pelo lucro do ramo imobiliário, já que “Superman: O Retorno” se trata da sequência de eventos de “Superman II”, de 1981. Lex, agora interpretado por Kevin Spacey, não se opôs em ficar careca para o personagem, diferente de Gene Hackman.

Spacey trouxe um lado mais sombrio de Luthor para os filmes, devido aos anos na prisão. Deixou sua marca no cinema, ao protagonizar a cena memorável da surra de kriptonita que dá em Superman.

JESSE EISENBERG
Batman vs. Superman (2016) | Liga da Justiça (2017)

Chegando quase no fim, temos Jesse Eisenberg, que deu vida ao vilão nos últimos filmes do DCEU. Apesar de dividir os fãs pela escolha do ator ao papel, Eisenberg trouxe ao personagem ares de um maníaco: um jovem gênio que se encaixou dentro da narrativa apresentada ao Lex da trama de “Batman vs. Superman”, longa ao qual foi apresentado ao público.

Em “Liga da Justiça”, retornou ao papel numa versão mais tradicional de Lex Luthor, com vestimentas sociais, deixando de lado o aspecto CEO despojado, que foi apresentado em primeiro momento. Embora tenha aparecido apenas na cena pós-crédito, tivemos um vislumbre de um Lex querendo montar uma Sociedade Secreta de super-vilões, para combater a Liga da Justiça.

JON CRYER
Supergirl (2019)

A série televisiva “Supergirl” flertou tanto com a família Luthor, que conseguiu ter um Lex para chamar de seu. Jon Cryer entra para o elenco para interpretar o irmão de Lena Luthor, o próprio Lex. Coincidentemente, Cryer tem uma história com a família Luthor. Interpretou o sobrinho de Lex, Lenny Luthor, no filme “Superman IV: A Busca da Paz”, de 1987.

Felizmente, não há nada de Lenny no Lex Luthor, de “Supergirl”. Cryer interpreta um Luthor mau e calculista, que lembra o desempenho de Gene Hackman. Sendo a primeira aparição do vilão no Arrowverse, com participações além de “Supergirl”, como no crossover “Crise nas Infinitas Terras”. É possível que sua participação se estenda para a nova série televisiva do Homem de Aço, interpretado por Tyler Hoechlin, chamada “Superman & Lois”, ainda sem data de estreia definida.


Agora, sabemos como fica fácil manter a jovialidade de 80 anos: mudando de corpos ao longo do percurso. Brincadeiras à parte, Lex Luthor é um dos vilões mais icônicos da cultura pop e sempre será um desafio para aqueles que o interpretarão.

Depois desta linha do tempo, de vários Lex Luthor em carne e osso, você seria capaz de escolher o seu preferido?

Sobre Andre

Andre Guilherme

Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos, dono de teorias imprevisíveis e intermináveis. Meus heróis preferidos são Superman e Lanterna Verde do John Stewart. Na vida civil, sou desenvolvedor de softwares, amante de Action Figures e tudo que envolva a DC Comics.

Últimas notícias