Continuando nosso especial de 80 anos, falaremos aqui sobre o Senhor Destino, um dos mais proeminentes personagens do mundo místico da DC. Já tivemos a origem do Senhor Destino revisitada, e aqui apresentaremos algumas das principais histórias de Kent Nelson nesses 80 anos, assim como de outros portadores do Elmo de Nabu. Sempre que citarmos HQs, tentaremos relembrar as publicações no Brasil que trouxeram as mesmas, apesar de muitas dessas histórias permanecerem inéditas no país… (alô Panini, traz era de ouro aí pra gente!). Bora lá!

Era de Ouro

Dentre os vários aniversariantes que vem completando 80 anos recentemente na DC Comics, temos alguns personagens muito especiais que surgiram na HQ All Star Comics, de 1940. Essa revista, que introduziu a mais antiga equipe de super-heróis – A Sociedade da Justiça da América – além de trazer os populares Flash (Jay Garrick) e Lanterna Verde (Alan Scott), nos deu alguns personagens ou pouco menos proeminentes, porém muito interessantes, como Átomo, Homem-Hora e o nosso Kent Nelson, o Senhor Destino.

As primeiras aparições de fato do Sr. Destino se deram na revista More Fun Comics #55, onde ele, assim como outros personagens, tinha rápida aparição em histórias curtas, de cerca de 6 páginas.

Caso você queira ler algo da Era de Ouro, talvez a introdução ideal para iniciar nas histórias do personagem seja a supracitada All Star Comics, dado que as histórias já estavam em um padrão mais conhecido por nós, com histórias contínuas e estruturadas, mostrando o auge do heroísmo com os maiores heróis da época formando a SJA. Um fato curioso é que a encarnação original do Senhor Destino era muito mais baseada na ciência do que as versões posteriores. Ao invés de Nabu servir como uma entidade da Ordem que habitava o elmo, ele era uma entidade que servia mais como um professor e conselheiro de Kent Nelson, o ensinando magia e antigos conhecimentos perdidos de ciência, além de não habitar o elmo em si.

Era de Prata

Talvez a época mais difícil de fazer recomendações com relação ao Senhor Destino, pois o personagem apareceu com destaque em poucas ocasiões. Podemos destacar os famosos crossovers entre Liga e Sociedade da Justiça. Alguns que podemos ressaltar: Na revista Justice League of America, edições #64 e #65 (1968) e #107 e #108 (1973).

Justice League of America Vol. 1 #107 | Justice league of america ...

Era de Bronze

Na Era de Bronze, onde as HQs recuperaram certa seriedade e peso, foi o momento ideal para um retorno do Senhor Destino aos holofotes. Dito e feito, ganhamos a primeira repaginada na origem dele em Secret Origins of Super-Heroes (01/1978) por Paul Levitz, Joe Stanton e Michael Nasser, além de histórias backup do personagem na revista do Flash, entre as edições #306 (em 02/1982) e #313 (em 09/1982), escritas por Martin Pasko e Steve Gerber, e desenhadas pelo grande Keith Giffen (Lobo, Liga Internacional). Todas essas edições foram compiladas em 1985, na série “Immortal Dr Fate“.

Pós-Crise

Senhor Destino apareceu de forma mais frequente depois de Crise nas Infinitas Terras, de 1985. Na saga “Last Days of the Justice Society of America” de Roy Thomas, vimos Kent Nelson e toda a Sociedade da Justiça presa em um limbo temporal de repetição, onde batalhavam constantemente contra forças do Hitler em Berlim, 1945. Como se não bastasse, Senhor Destino ainda tinha de lidar com o iminente Ragnarok (o fim do mundo dos Deuses Nórdicos). Um completo caos, que viria a acabar na saga “Armageddon: Inferno“, que trouxe os heróis da SJA de volta à continuidade da DC. Após essa volta, vale ressaltar que a esposa de Kent Nelson, Inza Nelson, assume o elmo juntamente à seu marido.

Last Days of the Justice Society of America TP - Livros na Amazon ...

Destino apareceu na saga “Odisseia Cósmica”, de Mike Mignola, e teve um papel importante na saga “Lendas” (a primeira mega saga Pós-Crise). Odisseia Cósmica teve republicação recente pela editora Panini, e Lendas, apesar de fazer tempo que não é publicado pela Panini, saiu pela editora Eaglemoss na edição n° 92 da Coleção de Graphic Novels. Ambas histórias são clássicos em diferentes estilos, com a loucura espacial de Odisseia, que apresenta conceitos bem diferentes com relação à Darkseid e sua equação anti-vida, e Lendas, que apesar de se tratar de um tema parecido (invasão de Apokolips à Terra), mostra todos os conceitos do Quarto Mundo de forma mais habitual.

Destino também participou do início da Liga Internacional (clássica Liguinha, ou Liga Cômica) de J.M Dematteis e Keith Giffen. HQ que por muitos é considerada a fase definitiva da Liga da Justiça, mesmo sem contar com a maior parte dos tradicionais membros. Atualmente está em republicação pela Panini, na coleção Lendas do Universo DC: Liga da Justiça.

Após sua participação no início da revista da Liga, o Senhor Destino finalmente teve seus primeiros títulos próprios, fora de histórias de equipe, ou histórias backup de outros heróis: O título próprio era Senhor Destino, de 1987, pela mesma badalada dupla da Liga da Justiça (DeMatteis e Giffen). A minissérie em três capítulos mostrava o embate entre os lordes do caos e da ordem, e foi publicada no Brasil pela editora Abril na revista Super-Homem, edições #74 à #76, de 1990.

Super-Homem n° 76 – Abril. Imagem: Guia dos Quadrinhos.

Outra HQ chegou logo em seguida dessa minissérie, agora um longo título mensal do personagem, durando 41 edições. No início DeMatteis se manteve nos roteiros, porém com certa alternância entre roteiristas e artistas (Shwan McNamus, Peter Gross, entre outros). As histórias seguiam a morte do antigo Senhor Destino, Kent Nelson, e a passagem do Elmo de Nabu para o jovem Eric Strauss e sua madrasta Linda Strauss. Essa HQ teve algumas edições publicadas no Brasil na revista DC 2000, de 1991, pela editora Abril.

DC 2000 n° 15 - Abril
DC 2000 #15 Abril. Imagem: Guia dos Quadrinhos.

Era Moderna

Hector Hall, herói criado nos anos 80 na revista All Star Squadron, assumiu o manto de Escaravelho de Prata, de Sandman, e finalmente o do Senhor Destino. Ele ficou conhecido por ter uma minissérie própria em 2003: Senhor Destino, volume 3, escrita por Christopher Golden. Essa encarnação do personagem se destacaria por suas participações em histórias da Sociedade, assim que ela é refeita após Armageddon: Inferno. A Sociedade retorna de vez em 1991, com uma minissérie de 8 edições, e em 1992, com 10 edições (ambas escritas por Len Strazewski). Também o grande run da Sociedade da Justiça que vai de 1999 à 2006, contando com roteiros de Geoff Johns, David S. Goyer, James Robinson e Paul Levitz. Essa fase teve boa parte dela publicada no Brasil, porém em edições espalhadas; Na editora Panini do capítulo 1 ao 5; na revista Wizard, edições #31 à #35 e do capítulo #6 ao #10; e na revista Wizmania nas edições #41 à #45.

À partir do capítulo 23, ela foi publicada na revista Liga da Justiça da Panini, de 2003. Esse limbo entre os capítulos 10 e 23 permanece inédito no Brasil, e tivemos uma recente republicação da editora Eaglemoss do primeiro arco, dos capítulos 1 à 5, na edição 87 da coleção de Graphic Novels.

DC Comics - Coleção de Graphic Novels n° 87 - Eaglemoss
DC Comics – Coleção de Graphic Novels n° 87 – Eaglemoss. Imagem: Guia dos Quadrinhos.

Em junho de 2015, com o fim da saga Convergência, a DC resolveu voltar a trazer o Senhor Destino aos holofotes. Dessa vez, totalmente repaginado e moderno, o novo Destino, o jovem Khalid Nassour foi o mais recente na continuidade da DC. Ele ganhou uma HQ própria que durou 18 edições, todas escritas por Paul Levitz.

Doctor Fate (2015-2016) #14 - Comics by comiXology

Outras versões

Terra 2 – Novos 52

Quando falamos de destaques positivos dos Novos 52, as pessoas sempre se lembram de Mulher-Maravilha, Homem Animal, Batman & Robin, entre outros. Porém, Terra 2, uma HQ não tão lembrada, vale muito o destaque. Ela mostra a formação da Sociedade da Justiça na Terra 2, do moderno mundo dos Novos 52. Lá, os antigos heróis Jay Garrick, Alan Scott e nosso Kent Nelson, são repaginados e ganham jovens versões. A HQ Terra 2 teve seus capítulos publicados pela Panini na revista Universo DC, de 2013.

Earth 2 Spoilers: Gatefold Cover Reveals Character Missing Since ...

Injustiça

Nas HQs de Injustiça – Deuses Entre Nós, Senhor Destino tem uma grande participação, em especial disponibilizando ao Batman sua Torre do Destino, que está fora do espaço-tempo alcançável por Superman. Também participa bastante no terceiro ano da HQ, dado que o mesmo trata do enfrentamento de personagens místicos (Constantine, Zatanna, Destino) contra a ditadura do Superman. Vale lembrar que Injustiça – Deuses entre Nós tem duas publicações no Brasil em andamento pela Panini: Uma em capa cartão e outra em capa dura.

rose constantine | Tumblr

Outras mídias

Suas aparições em outras mídias destacam-se nas animações. Destino apareceu no DCAU em diversas ocasiões, na animação do Superman, em Liga da Justiça e Liga da Justiça Sem Limites.

Dr. Fate appears in Superman: The Animated Series, Episode 32 ...

Em Batman: Os Bravos e Destemidos, era comum Batman se aliar à diferentes personagens. Um deles, claro, foi Destino:

GL Corps On Batman: Brave & The Bold! - Comic Vine

Em Justiça Jovem, o Destino de Kent Nelson tem algumas participações. Após certo tempo, diversos personagens da série assumem o Elmo de Nabu, ficando de forma fixa em Zatara, o pai de Zatanna.

Outras animações em que Destino aparece, seja brevemente como um easter egg ou com participação maior: Justice League Action, os curtas da DC Nation, os longas Liga da Justiça – Nova Fronteira, Liga da Justiça – Crise em Duas Terras, Esquadrão Suicida: Acerto de Contas e Liga da Justiça Dark.

Games

Senhor Destino se tornou jogável no game DC Universe Online (PS3, PS4, Xbox One, PC e Switch), após a DLC “Hand of Fate”.

The New Costume Contest ... | Page 431 | DC Universe Online Forums

Além do DC Universe, ele é um personagem jogável em Injustice 2, do PS4, Xbox One, PC, Android e iOS.

Sua versão em Lego também é jogável, em Lego DC Super Villains (PC, PS4, Xbox One e Switch) e Lego Batman 3 (Android, iOS, PC, 3DS, Vita, PS3, PS4, Wii U, Xbox 360 e Xbox One).

LEGO DC Super Villains Dr Fate Unlock + Free Roam Gameplay - YouTube

Por último, Live Action!

Recentemente, o Elmo de Nabu apareceu brevemente no episódio “Non Est Asylum” de Constantine. Já em Smallville, o ator Brent Stait interpretou o personagem no episódio “Justiça Absoluta”, da temporada 9.

Dr fate. Star girl. Smallville | Smallville, Britt irvin, Star girl
Smallville, S09E11

Futuro

Senhor Destino deve ter participações na vindoura série da Stargirl, em exibição na CW e DC Universe, e no filme Adão Negro, com estreia prevista para 22 de dezembro de 2021.

Além disso, Senhor Destino retornará às HQs em breve, aparentemente em na sua forma mais clássica: Superman #24, de Brian Michael Bendis chega no dia 10/06/2020 nos EUA. Segue a sinopse:

Nas páginas do Superman #24 (à venda em 10 de junho), Kevin Maguire se junta a Bendis para contar uma lenda da suscetibilidade lendária do Superman à magia, e como um novo vilão está prestes a usá-lo para transformar a vida do Azulão de dentro para fora e de cabeça para baixo. Este misterioso personagem chegou ao mundo do Superman para jogá-lo contra o mais poderoso feiticeiro e agente dos Lordes da Ordem: O Senhor Destino!

Sobre Daniel

Avatar

Louco por explorar vários cantos da cultura pop, em especial filmes e HQs. E em especial os da casa das Lendas, que produziu e continua produzindo tantas histórias marcantes.

Últimas notícias