Quando falamos em adaptações, sabemos que é quase impossível agradar todos os fãs de certa obra ou personagem, ainda mais quando estamos falando de uma adaptação de quadrinhos, mas podemos afirmar sem dúvidas, que a personagem que mais chega perto desse feito hoje em dia é a Arlequina, interpretada pela atriz Margot Robbie. “O Esquadrão Suicida” é o terceiro filme da atriz vivendo a personagem, o que de certa forma completa um ciclo e nos faz refletir sobre toda a sua jornada até aqui e especular o que o futuro guarda para a anti-heroína mais amada dos cinemas.

Como a própria intérprete da personagem disse em entrevistas, os filmes da DC não são necessariamente conectados de forma linear, assistir a eles é como ler um quadrinho, você pode se lembrar das aventuras e acontecimentos da última vez que leu uma história com certo personagem, mas quando você abre outra HQ ele pode estar completamente diferente ou em outra fase de sua vida. Sendo assim, podemos supor que a Harley desse filme já passou pelos acontecimentos de Esquadrão Suicida (2016) e Aves de Rapina (2020), e agora está vivendo uma fase totalmente nova onde ela se vê longe de vez da influência do Coringa– e até debocha dele com sua nova jaqueta- porém volta a responder à impiedosa Amanda Waller.

“Viva rápido morra palhaço.”

Falando no visual da personagem, nesse filme Harley usará pela primeira vez nas telonas roupas com suas cores clássicas, vermelho e preto, além de ter um uniforme mais fiel aos quadrinhos do que nunca, mas que também é fortemente inspirado nos visuais da personagem nos jogos da franquia Batman Arkham e Injustice. Além disso, ela não terá mais a tatuagem escrito “rotten” (podre) no rosto, decisão conjunta do diretor e da atriz, o que pode significar que a fase mais gângster e vilanesca da personagem vista no filme de 2016 ficou para trás.

Mas não foram só as cores da personagem que James Gunn pegou da Arlequina clássica de Batman: A Série Animada, sempre que surge oportunidade o diretor comenta como os trabalhos de Paul Dini com a personagem o guiaram na hora de escrever a personalidade dela nesse filme. Ao The New York Times, Gunn disse que a Arlequina merece tanto destaque quanto a trindade da DC -Batman, Superman e Mulher-Maravilha- o que reforça seu amor pela personagem que segundo ele, é de suma importância no filme. Além de amar Harleen Quinzel, o diretor vive rasgando elogios a Margot Robbie, chegando a afirmar em diversas ocasiões e entrevistas que ela é a melhor atriz com que ele já trabalhou.

Sabemos que a Arlequina estará mais fiel do que nunca a sua versão original e que ela terá grande importância no longa, mas afinal, o que será que podemos esperar dela nessa história? Bom, em entrevista ao AP News, James Gunn revelou que a maior cena de ação que ele escreveu em sua carreira está nesse filme e que ela pertence a Harley. Segundo o diretor, as habilidades atléticas de Margot- que faz a maioria de suas cenas de ação sem a ajuda de dublês- ajudaram muito nesses momentos.

Levando em conta o que já foi revelado nos trailers e vídeos de divulgação, podemos teorizar que veremos duas equipes da Força Tarefa X em ação no filme e que nossa anti-heroína estará nas duas. Provavelmente a primeira será composta por Capitão Bumerangue, Rick Flag, Mongal, Savant, Weasel, Blackguard, Javelin, TDK e Arlequina, e eles fracassarão em sua missão em Corto Maltese, levando Amanda Waller a ativar uma outra equipe- provavelmente integrada pelo Pacificador, Sanguinário, Caça-Ratos 2, Homem das Bolinhas e o Tubarão-Rei- para completar a missão. A grande cena de ação de Harley tem grande chances de acontecer antes dela se juntar à segunda equipe, provavelmente no momento em que a personagem arquiteta sua fuga de onde seus inimigos a prenderam.

De acordo com James Gunn, a Warner deu permissão para ele matar qualquer personagem que quisesse no filme, o que deixou muitos fãs da Arlequina preocupados imaginando se esse seria o fim da palhacinha. Porém, dado o amor de Gunn pela personagem e o fato de que ele fez questão de tê-la no filme, mesmo a Warner o deixando completamente livre para escolher seu elenco, é pouco provável que isso irá acontecer, mas nunca se sabe…

Outra peculiaridade de Harley no filme, dessa vez destacada pelo produtor Peter Safran e pela designer de produção Beth Mickle, é que a personagem terá uma visão especialmente sua do mundo e que teremos a oportunidade de desfrutar um pouco dela. Podemos perceber isso nos vídeos divulgados quando a anti-heroína atinge um de seus inimigos com uma lança e uma porção de flores sai dele ao invés de sangue, além de ver por toda sua volta essas mesmas flores com inscrições e desenhos pelas paredes.

Agora chegamos no momento de especular sobre o futuro, após “O Esquadrão Suicida”…

Em entrevista para a Entertainment Weekly, Margot disse que espera dar uma pausa nas interpretações da Arlequina por hora e que não tem nada certo de quando irá retornar a interpretar a personagem. Porém, em um momento de perguntas e respostas com fãs em seu Instagram, James Gunn revelou já ter discutido ideias de um novo projeto envolvendo a Harley com a atriz. Ela mesma também já chegou a comentar que está a todo momento falando para a Warner Bros que quer ver sua versão da Arlequina encontrando com a Hera Venenosa e que quer desenvolver a relação das duas personagens nas telas dos cinemas.

As críticas especializada em geral rasgou elogios tanto a personagem quanto a atriz em “O Esquadrão Suicida”, então, só o que nos resta é esperar para que as negociações ocorram e que a Warner dê sinal verde o mais rápido possível para um novo projeto envolvendo a personagem vivida por Margot, quem sabe até mesmo com James Gunn na cadeira da direção ou envolvido na produção.

E com esse texto, encerramos o Especial Esquadrão do Terraverso, falando sobre todos os personagens. Confira nossa crítica sobre “O Esquadrão Suicida” -neste link-. Filme está em exibição nos cinemas.

Sobre João

Designer e ilustrador (DC me contrata por favor!), fanboy do Batman e da Mulher-Maravilha mas meio atrasado que nem Barry Allen. Acredito no poder transformador da cultura pop e espero conseguirmos fazer a diferença por aqui!

Últimas notícias