Conforme informações do portal The Wrap, o futuro das adaptações da DC no cinema pode estar ameaçado, caso a fusão entre a Time Warner e a AT&T seja barrada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Se a negociação de fato falhar, a Time Warner planejaria vender suas propriedades em separado, colocando a DC Entertainment e o Warner Bros. à disposição do mercado. A HBO também seria vendida nesse cenário e formato de negócio.

A AT&T anunciou a compra da Time Warner, avaliada em US$ 85,4 bilhões, em outubro de 2016, mas o Departamento de Justiça dos EUA abriu um processo para impedir a fusão. O argumento é que, com as empresas juntas, os custos para os consumidores seria elevado e as opções, reduzidas. O caso deve ir a julgamento em março de 2019. São as informações do portal O Globo.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias