#CCXP19 | Lesley-Ann Brandt, Neal Adams e coletiva com as Aves de Rapina agitam o segundo dia de evento

O segundo dia de CCXP19 foi bastante agitado para o universo DC. A atriz Lesley-Ann Brandt, destaque da série Lucifer esteve em um painel exclusivo no Auditório Ultra. A atriz que havia cancelado a presença na quinta-feira pediu desculpa ao fãs. O motivo pela troca de data em sua agenda é excelente: As gravações da 5ª e última temporada de Lucifer tem tomado bastante o seu tempo.

Foto: Omelete.

A atriz afirma que a última temporada será “incrível e louca”. A última temporada terá 16 episódios e a produção é da Netflix. Lesley disse que os fãs foram fundamentais para que a série fosse resgatada pelo serviço de streaming após o cancelamento. Sobre a abordagem da próxima temporada, a atriz afirma que o amor será o tema principal.

Ainda durante o painel, a atriz agitou os fãs com “Wonderwall”, música do Oasis, e que foi cantada por ela no episódio “Save Lucifer”.  A sexualidade de sua personagem também foi comentada pela atriz: “Me enviam muitas mensagens das pessoas da comunidade LGBTQ+ dizendo que esse momento se parece com suas histórias, a forma como se assumiram para suas famílias”. Por fim, a atriz agradeceu a todos os fãs brasileiros pelos Gif’s, memes e carinho.

Em nova entrevista na CCXP durante uma live, Neal Adams aponta o retorno da Continuity Comics, sua própria editora de HQs. “DC e Marvel estão lutando por quem ganha mais espaço no seu coração. Mas já perceberam que há artistas que ficam indo e voltando entre as empresas? disse o lendário quadrinista.

Adams destacou a necessidade de “uma terceira empresa” nesse universo, até mesmo de fora dos EUA. “Já faz muito tempo que está fácil para Marvel e DC. Acho que temos que dificultar.”. Neal Adams revelou no final da live que está colaborando em uma publicação de países nórdicos, indicando novamente a possível volta do seu selo: “Estou ajudando eles em um título. E as pessoas vão saber que não está saindo pela Marvel ou DC”.

Pela manhã, o destaque ficou por conta da coletiva de imprensa do elenco principal de Aves de Rapina.

A diretora Cathy destacou que se atentou a deixar as cenas de ação e de luta o mais real possível e fez as meninas treinarem por meses para conseguirem fazer a maioria dessas cenas, o que realmente aconteceu, poucos dublês foram usados. Rosie Perez disse que desde então se mantém praticando boxe, e que ela queria deixar o recado para as mulheres mais velhas, onde ela sente-se representando no filme, de que elas podem, sim, fazer o que quiserem, e que elas são fortes.

Margot disse que o filme não é baseado em uma HQ específica ou adaptação que seja, elas pegaram várias referências pra criar algo novo e diferente de tudo. Mas ela disse que quando leu ‘Behind Blue Eyes’ foi onde ela realmente entendeu a personagem, que ela faz maldades mesmo, e mesmo se arrependendo um pouco ela faria de novo. E como nessa história Harley está com uma garota, esta acabou sendo uma das bases para construir o roteiro e seu encontro com Cassandra Cain.

Quando questionadas sobre como é ser inspiração para outras garotas, Margot disse que não consegue entender muito até hoje como as mulheres se identificam com a Harley, já que ela é literalmente psicopata. Mas ela acredita que talvez sejam suas falhas que faz com que muitas se identifiquem com ela, e Jurnee Smollet-Bell concordou dizendo que está cansada de ver personagens femininas perfeitas. Afinal, ninguém é perfeito!

O segundo dia de #CCXP19 também teve os anúncios da Panini para o mercado brasileiro. Você pode – conferir aqui – as edições que chegarão nas bancas em 2020.

CCXP19 acontece de 5 a 8 de dezembro, no São Paulo Expo, com todos os ingressos esgotados.  O Terraverso estará presente em todos os dias de cobertura. Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece em tempo real.

Facebook Instagram | Twitter

Gabriela Orsini

Gabriela Orsini

Jornalista formada na PUC-SP, fotógrafa por paixão, e bailarina por teimosia. Apaixonada pela DC desde pequenina, fangirl do Batman e da Batgirl. E da Ravena, como não ser. Sou uma devoradora de livros e cinéfila até que se prove contrário. Objetivo de vida: tirar uma foto decente com o Jason Momoa (um deles, apenas). Sonho de vida: conhecer todos os países do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *