O diretor Zack Snyder explicou as escolhas do guarda-roupa do Superman e por que ele não usou seu icônico terno preto no futuro apocalíptico de Batman vs Superman Knightmare.

A cena do pesadelo de BvS (Knightmare), apresentava um futuro apocalíptico onde a Terra foi devastada por Parademônios e o Superman havia se transformado em um malvado ditador. Quando perguntado por que ele voltou ao terno vermelho e azul e se ele deveria usar o preto em Liga da Justiça, como confirmado anteriormente, Snyder observou que a equação anti-vida o empurrou de volta para o seu traje clássico.

A linha do tempo Knightmare é algo que o Snyder admitiu que queria revisitar em sua trilogia planejada de filmes da Liga da Justiça. Não está claro o que aconteceu com o resto da Liga, mas de acordo com Snyder, ele tinha grandes planos para o “Knightmare Cyborg”.

Quanto ao traje, Snyder disse anteriormente que o terno preto pertencia à Casa de El, enquanto o vermelho e azul era a representação de Kal-El ser um herói. Snyder explicou que era “mais inclusivo” e “mais amigável”, o que é um forte contraste com a ideia de sua aparência Knightmare.

O terno preto tornou-se um ponto de discussão do DCEU há algum tempo e apareceu brevemente em O Homem de Aço quando o General Zod imaginou o próprio futuro sombrio do Superman em uma montanha de crânios. Quanto a Liga da Justiça, Cavill brincou que o usaria antes do lançamento do filme, enquanto a arte conceitual até agora tem sido o único indício de como teria sido nos cinemas. Dito isso, o terno preto tecnicamente entrou no lançamento original da Liga da Justiça através de uma cena deletada do Superman passando por ele em uma galeria.

“Liga da Justiça” do diretor Zack Snyder, estreia na HBO Max em 2021.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias