Uma versão de diretor do filme Batman Forever (1995), de Joel Schumacher, supostamente existe na forma de um corte com quase três horas de filme. O escritor e podcaster, Marc Bernardin, relatou no programa Fatman Beyond que um corte de 170 minutos do filme realmente existe, mas que a Warner Bros. nunca fez um movimento para lançá-lo porque eles não tinham certeza se havia um mercado para uma versão mais longa e escura ao invés de uma proposta leve e “pipoca” do Batman. Via [Comicbook].

O filme contava com Val Kilmer no papel do Homem-Morcego, Chris O’Donnell interpretava o Robin, Jim Carrey era o Charada, e Tommy Lee Jones viveu o Duas Caras.

Quando Batman saiu em 1989, Tim Burton ficou furioso que a maioria das pessoas que não conhecia o personagem nos quadrinhos associou ele com a popular série de TV com Adam West de 1966. Burton então trouxe uma proposta ainda mais sombria para Batman Returns, e quando a Warner Bros. queria tentar outra coisa para o terceiro filme, Schumacher apresentou um filme neon-technicolor, saturado e trazendo de volta o espírito da série dos anos 60 para as telas.

“Eu tenho uma informação confiável que existe no cofre da Warner Bros. um corte de 170 minutos de Batman Forever”, disse Bernardin ao co-apresentador Kevin Smith. “Eu acho que era uma proposta muito mais profunda em sua psicose de infância e seus bloqueios mentais. Era uma versão mais séria, mais escura daquele filme. Foi uma das primeiras montagens que Joel apresentou ao estúdio e eles eventualmente cortaram porque eles diziam que era algo ‘muito escuro para as crianças. Temos que vender como algo bom, então, não vamos investir no trauma do assassinato infantil. Temos Jim Carrey, deixe-o fazer qualquer coisa'”.

Smith disse que, embora a Warner possa duvidar, ele suspeita fortemente que os fãs gostariam de ver o corte estendido, observando que o público é inteligente o suficiente para entender as diferenças entre os cortes.

“Em um mundo onde Joel Schumacher acabou de falecer, que testemunho interessante e maravilhoso seria para o seu trabalho e legado, chegar a ver uma versão totalmente diferente de Batman Forever”, disse Smith.

Rumores de cortes de diretor e filmes sombrios envolvendo Batman Forever e Batman & Robin já existem há algum tempo, e uma recente hashtag, #ReleaseTheSchumacherCut, começou a circular no Twitter logo após a HBO Max anunciar o lançamento de Liga da Justiça do diretor Zack Snyder.

A chegada de um corte de “Batman Forever” é totalmente especulativo e pouco improvável que tenha qualquer viabilidade — especialmente depois que Schumacher faleceu. Mas a pergunta que fica é: Você gostaria de ver uma versão diferente de “Batman Forever”? Diga nos comentários!

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias