O roteirista de ‘Batman Begins’, David Goyer, descartou uma teoria que afirmava que Ra’s al Ghul (Liam Neeson) poderia ter sobrevivido aos acontecimentos do filme. A declaração foi feita durante participação na Comic-Con At Home.

“Acho que é uma teoria muito além.”, diz Goyer. “Certamente nunca houve qualquer discussão entre Chris [Nolan] ou eu sobre isso. Mas se você pensar, foi uma abordagem bastante realista. Eu acho que se você introduzir algo como o Poço de Lázaro nisso (eu não estou dizendo que você não poderia contar uma história legal com o Poço de Lázaro; Eu acho que você poderia), eu só não acho que o Poço teria validado essa abordagem da teoria.”

Goyer também discutiu alguns dos desafios na criação de uma nova visão cinematográfica do Batman em 2005. “Acho que minha primeira conversa com Chris foi quando ele estava interessado em fazer uma história de origem.”, lembra Goyer. “Ele estava interessado em contar uma história que aconteceu antes do Bruce Wayne voltar para Gotham, então isso foi algo que realmente me empolgou quando conversamos. É engraçado, não é? Acho que a maior oportunidade e o maior desafio para Batman Begins foi a mesma coisa: A única razão pela qual Batman Begins aconteceu foi porque a franquia tinha sido jogada fora.”

“Eu acho que quando você está adaptando uma propriedade muito conhecida, ter uma lacuna ou anos perdidos é realmente emocionante. Houve algumas pequenas tentativas em algumas das histórias em quadrinhos para preencher isso, mas nada que fosse considerado cânone e certamente nada que tivesse sido feito muito no cinema ou na televisão. Isso é emocionante porque é uma oportunidade de colorir dentro das linhas – sabemos que seus pais vão levar um tiro no Beco do Crime e você sabe que há um período que pelo menos foi adaptado por Frank Miller quando ele voltou para Gotham – então você sabe que tem o seu A e seu B, e você tem toda essa pista livre no meio. Isso é emocionante porque é uma habilidade de esticar as asas criativamente sem correr contra e ter que mudar o canhão.” conclui Goyer.

“Batman Begins” apresentou Christian Bale no papel principal e arrecadou US$ 371 milhões em bilheterias no mundo todo.

 

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias