Em entrevista ao portal Variety, Christina Hodson, roteirista de Aves de Rapina, comentou sobre o seu trabalho no roteiro de um filme solo de Batgirl.

“Eu estou me apaixonando por ela. Eu sempre sinto algo diferente no começo, meio e fim. Charlie (de Bumblebee outro trabalho realizado pela roteirista) parece como uma velha amiga agora, porque aquilo foi há um tempo, e porque ela é inspirada de forma pessoal. Arlequina parece meu alter-ego maluco. Quando eu me sinto doida, é o que é a Arlequina. E a Batgirl… Honestamente, é engraçado, há um pouco de mim em todo personagem que eu escrevo. Eles começam como eu, e então eles ganham vida própria”, diz Hodson.

“Batgirl já teve tantas iterações. Há certas características dela que sempre estão lá que eu estou empolgada para desenvolver no futuro. Quando eu escrevo uma personagem baseada em alguém que já existiu de alguma forma, seja quadrinhos, filmes ou o que for, eu sempre espero trazer algo novo e trazê-las à vida de sua própria forma, mesmo que sejam ícones como Arlequina ou Batgirl. Eu acho que os fãs querem a original, pra ser sincera, mas eles também querem algo que não viram ainda” promete a roteirista.

O filme Batgirl ainda não tem diretor, Joss Whedon abandonou o projeto. O filme é uma das prioridades do catálogo DC, então no decorrer do ano poderão surgir novidades.

Sobre Ricardo

Avatar

Fã de quadrinhos, séries, filmes e games. Apaixonado por DC de Grant Morrison a Alan Moore. Mais um privilegiado de estar na amada Terraverso.

Últimas notícias