Uma das maiores surpresa de 2018, em relação a sucesso, foi o filme de Aquaman que arrecadou mais de US$ 1 bilhão em bilheteria no mundo todo. Enquanto os críticos estavam um pouco divididos sobre o filme, uma sequência que todos pareciam concordar, foi a cena da Trincheira.

No filme, a Trincheira é uma tribo de Atlantes que perderam a cabeça e se transformaram em monstros. Arthur Cury e Mera tiveram que passar pela Trincheira em busca do Tridente, e este corte é elogiado por seus elementos de terror. Inclusive, um longa sobre está em desenvolvimento, o spin-off virá com título The Trench (A Trincheira). Mas, esta não será a última vez que veremos elementos de terror em filme de Aquaman.

Os fãs foram autorizados a enviar perguntas para vários escritores, diretores e membros de elenco de vários setores da DC, que serão respondidas durante o evento DC FanDome. No entanto, a Warner Bros., tem lançado algumas dessas respostas antes do evento. E uma delas foi direcionada a James Wan, perguntando se veríamos cenas de terror semelhantes da Trincheira em Aquaman 2. Wan respondeu um sonoro e entusiasmado: “SIM”.

Eu diria que sim. Assim como o primeiro filme teve um toque da minha sensibilidade de horror em relação à sequência da Trincheira, eu diria que haverá um pouco disso no próximo. Eu acho que uma grande parte do que sou surge, naturalmente, nesses tipos de filmes. Especialmente em um filme como Aquaman, onde a história se passa nesses mundos subaquáticos que podem ser bem assustadores. E naturalmente meu amor pelo gênero de terror significa que me agarro a estas cenas e lhes dou um pouco mais… Uh… minha pitada de susto nelas.

O que acharam da resposta de James Wan? Ansiosos para ver mais cenas como essa em Aquaman 2?

Sobre Andre

Andre Guilherme

Um viajante do Multiverso com Q.I elevado para Legos, dono de teorias imprevisíveis e intermináveis. Meus heróis preferidos são Superman e Lanterna Verde do John Stewart. Na vida civil, sou desenvolvedor de softwares, amante de Action Figures e tudo que envolva a DC Comics.

Últimas notícias