O ator escocês Sean Connery, ícone do cinema e primeiro a interpretar o espião James Bond, morreu aos 90 anos, conforme relata a BBC este sábado (31). De acordo com a família, ele morreu durante a madrugada, enquanto dormia, nas Bahamas.

O filho, Jason Connery, disse que o ator não estava bem “há algum tempo”. Connery deixou a esposa, a atriz Micheline Roquebrune, o filho, Jason, e o neto, Dashiell.

Em 2003, ele interpretou o personagem Allan Quatermain no filme “A Liga Extraordinária”, baseada na HQ do selo America’s Best Comics, divisão da DC Comics criada por Jim Lee para acomodar as revistas escritas por Alan Moore, após o seu rompimento com a editora. O filme foi o último em que Sean atuou.

Connery também atuou no drama “Os Intocáveis”, de Brian de Palma, pelo qual venceu o Oscar em 1988 na categoria de melhor ator coadjuvante.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias