Batman/Mulher-Gato #1 | DC apresenta uma nova versão do Coringa no futuro

    A DC Comics revelou uma nova versão do Coringa no futuro, que existe em uma nova linha do tempo do Batman. Essa nova linha do tempo faz parte da minissérie Batman/Mulher-Gato de Tom King, e suas histórias são apresentadas em uma cronologia não linear que existem em três épocas diferentes da vida do Batman e da Mulher-Gato.

    As três linhas temporais que a história Batman/Mulher-Gato abordam são; no passado, ambientado nos primeiros dias de Batman e Mulher-Gato; um enredo atual durante o romance entre os dois personagens; e finalmente um futuro em que Selina Kyle é uma idosa e está embarcando em uma viagem.

    – Atenção: Spoilers de Batman/Mulher-Gato #1 a frente! –

    É na linha do tempo do futuro na história de King em que podemos conhecer uma versão futura do Coringa – e é uma versão surpreendente do arqui-inimigo do Batman. Tom King apresenta o ‘Velho Coringa’ no Universo DC!

    No futuro de Batman/Mulher-Gato, vemos uma Selina Kyle de cabelos grisalhos dirigindo por uma costa ensolarada em um lindo carro esportivo clássico, com seu gato preto a acompanhando. Selina sobe para um parque de trailers chamado “Seabird Island”, para se encontrar com um “velho amigo”. Esse velho amigo é um velho que está sentado olhando para a sua TV; e ele sabe o segredo da vida dupla de Selina e a conexão com Bruce Wayne/Batman – e no final da edição, sabemos o porquê: Este velho aposentado é na verdade o Coringa.

    Os dois falam como velhos amigos, lembrando com carinho de um passado que viveram próximos. Eles discutem o que aconteceu com a Bat-Família e com o Batman, que morreu de câncer; Coringa também parece ter feito uma família para si mesmo, já que ele tem fotos de seus netos e menciona um filho, Nathan, com filhos gêmeos, bem como uma filha, Bethany, que tem três filhos. Selina confessa ter uma filha chamada Helena.

    Um ester egg interessante aqui;  Um dos filhos do Coringa se chama “Nathan”, algo que ele compartilha em comum com o dublador Mark Hamill, que deu vida ao personagem nas animações “Batman: A Série Animada” e “Batman: A Máscara do Fantasma”.

    Voltando agora a trama, quando Selina confirma que Batman está morto que o Coringa fica emocionado, dizendo que parece o “fim de algo”. Mas com o Batman fora, Selina revela que ela foi ver o Coringa porque, finalmente, o Homem Morcego não está mais lá para protegê-lo. A Mulher-Gato foi até lá para finalmente matar o Coringa, e a resposta dele é uma risada aparentemente satisfeita.

    Batman/Mulher-Gato” faz parte do selo adulto de publicações DC Black Label e não há nenhum certeza quanto a esses acontecimentos serem considerados parte do cânone oficial da editora.

    Via: [ComicBook].

    Willyan Bertotto
    Willyan Bertotto
    Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

    Deixe seu comentário

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Você pode gostar

    Siga-nos

    24,169FãsCurtir
    15,600SeguidoresSeguir
    19,362SeguidoresSeguir

    Últimas Postagens