Durante painel na MCM London Comic Con Kevin Conroy, o dublador mais conhecido e querido do Batman, revelou o motivo do fim de Batman: The Animated Series. Segundo Conroy, o show terminou devido ao esgotamento de ideias para novas histórias, e o encerramento foi uma estratégia para não estragar tudo que já havia sido feito até então.

Eles não pararam de fazer o show porque a audiência não estava interessada ou os atores não estavam interessados. Eles realmente pararam de criar novos episódios pois os criadores não tinham mais ideias para novas histórias. E ninguém queria comprometer a qualidade do que tínhamos construído e começar a criar histórias bobas“, diz Conroy. E ele completa dando uma ponta de esperança para os fãs da animação: “Todos os atores adorariam ter feito mais deles [episódios]. Você facilmente conseguiria reunir estes atores de novo, hoje, para fazer mais séries animadas pois todos amam demais estes shows“.

Batman: The Animated Series foi criado por Bruce Timm e Eric Radomski, e seu time de escritores incluía nomes de peso como Paul Dini e Alan Burnett. BTAS foi o ponto de partida para a criação de outras séries animadas da DC como Batman do Futuro, Liga da Justiça e Liga da Justiça: Sem Limites. A série também popularizou personagens importantes do cânone do morcego e deu origem a outros, como foi o caso da Arlequina, que fez seu debut no episódio 22 da 1ª temporada “Um Favor Para o Coringa”.

A série teve, ao total, 85 episódios.

Sobre Rodolfo

Rodolfo Chagas

Sou daqueles que saía correndo na saída da escola pra almoçar assistindo Liga da Justiça. Daqueles que juntava o troco do pão pra comprar gibi no sebo. Feliz de viver na melhor época pra ser nerd. Sem editorismo, amai-vos uns aos outros! A alvorada dos heróis ainda vai durar por muitos anos! Que Snydeus seja louvado e que Stan Lee viva pra sempre!

Últimas notícias