Liga da Justiça | Interferência de Joss Whedon tomou 80 páginas do roteiro original

Em meio a grande comoção nas redes sociais sobre o Snyder Cut, a versão de diretor de “Liga da Justiça” ainda gera muita discussão e teorias sobre sua existência. Um novo relatório reportado pela Screen Rant sugere que Joss Whedon, diretor que assumiu o lugar de Zack Snyder após uma tragédia familiar, teria reescrito quase 80 páginas do roteiro original.

Sua contratação na época foi recebida com reações mistas, e as informações publicadas pela Warner afirmaram que Whedon seguiria com o planejamento de Snyder, mas o filme que chegou aos cinemas claramente demonstrava o inverso, gerando uma onda de ódio dos fãs do cineasta que demandam o corte original até hoje.

Após o lançamento do longa, foi revelado que grande parte da versão de Snyder havia sido removida da versão final, coisa que Snyder faz questão de confirmar pelas redes sociais divulgando imagens nunca vistas do filme.

De acordo com o The New York Times, a Warner Bros. fez uma exibição especial para executivos, incluindo Whedon, com o intuito de descobrir o que precisava mudar da versão crua do longa de Snyder, então no final, a Warner deu 80 páginas do script para Whedon refilmar.

O resultado descobrimos em novembro de 2017, mas com o recente apoio de Gal Gadot e Ben Affleck pelas redes sociais, a esperança do possível lançamento da versão original ganha ainda mais força.

Juan Almeida

"Lembrai, lembrai, o cinco de novembro. A pólvora, a traição e o ardil; por isso não vejo porque esquecer; uma traição de pólvora tão vil" - “V for Vendetta”

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of