A série que estreou no DC Universe e na CW há duas semanas, Stargirl está aos poucos contando a história de como a protagonista da série, Courtney Whitmore, cresce para o papel de um heroína como a Stargirl, além de lutar contra a Sociedade de Injustiça e formar uma nova Sociedade da Justiça da América.

De acordo com o criador da série e showrunner, Geoff Johns, que também é o co-criador original da personagem nos quadrinhos, a primeira temporada não apenas conta uma história completa, mas também cria um gancho para uma possível segunda temporada do programa.

Durante uma entrevista ao CBR, Johns foi perguntado se a 1ª temporada de Stargirl teve um final completo ou propõe uma continuidade futura que não encerra a série:

“A primeira temporada definitivamente conta uma história, mas como toda boa história em quadrinhos, ela desenvolve o que vem a seguir, sabe?” Johns respondeu. “Terminamos de filmar no ano passado e terminamos nosso lançamento antes da pandemia, então os 13 episódios estão completos e tivemos a sorte de fazer tudo. Sim, ela conta uma história completa, mas obviamente isso nos leva a muitos mais e espero seguir além. Novamente, a reação foi tão boa, então estou com os dedos cruzados para que possamos prosseguir, porque todos se divertiram muito.”

Stargirl, do DC Universe, apresenta Brec Bassinger como Courtney Whitmore (Stargirl) e Luke Wilson como Pat Dugan (S.T.R.I.P.E.). A série vai ao ar nas segundas-feiras no DC Universe e nas terças-feiras na The CW, nos EUA. Não há previsão de transmissão no Brasil até o momento.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias