Ruby Rose foi escalada para viver a Batwoman na série da The CW, mas muitos fãs não gostaram da escalação e criticaram duramente a escolha da atriz. Mas alguns passaram dos limites e fizeram comentários tóxicos, com homofobia, machismo e preconceito.

Mas o principal foco das críticas foi de pessoas que não sabiam que Ruby é assumidamente lésbica, e queriam que o estúdio escalasse uma atriz lésbica para representar a Batwoman. O que mostra que as pessoas que xingaram a atriz não pesquisaram nada sobre ela antes.

Por conta desse hate excessivo que a atriz recebeu, ela excluiu sua conta do Twitter e também bloqueou os comentários em seu Instagram. Mas antes de deletar sua conta, Ruby tuitou “De onde surgiu isso de ‘Ruby não é lésbica então não pode interpretar a Batwoman’? Provavelmente a coisa mais engraçada que já li – eu me assumi aos 12 anos de idade, sendo que nos últimos 5 anos tive de lidar com críticas de ‘ser gay até demais’. Como vocês viram a casaca assim? Eu não mudei”.

Mas Ruby Rose segue escalada para viver a Batwoman na série solo da heroína, e ela fará sua estreia como a personagem no crossover das séries do Arrowverso que deve acontecer ainda este ano.

Sobre Gabriela

Gabriela Orsini

Jornalista formada na PUC-SP, fotógrafa por paixão, e bailarina por teimosia. Apaixonada pela DC desde pequenina, fangirl do Batman e da Batgirl. E da Ravena, como não ser. Sou uma devoradora de livros e cinéfila até que se prove contrário. Objetivo de vida: tirar uma foto decente com o Jason Momoa (um deles, apenas). Sonho de vida: conhecer todos os países do mundo.

Últimas notícias