Em entrevista ao EW, Ruby Rose comenta sobre os desafios que enfrentou na série ‘Batwoman’, incluindo a necessidade de uma cirurgia nas costas após um acidente no set em 2019. Ela também reiterou que está orgulhosa da série e sobre a importância da representação LGBTQ na TV.

“Ser o protagonista de um show de super-heróis é difícil. [Risos] Ser a protagonista de qualquer coisa é difícil”, disse Rose. “Mas eu acho que, nesse caso em particular, foi muito mais difícil porque eu ainda estava me recuperando da minha cirurgia. Fiz minha cirurgia e 10 dias depois fui trabalhar, o que talvez não tenha sido a melhor ideia. A maioria das pessoas tira cerca de um mês ou três de folga antes de voltar ao trabalho, então definitivamente ficou mais difícil com isso. Mas, no que diz respeito a ser um protagonista de uma série ou de um filme – independentemente se é de ação ou emocional – de qualquer maneira é cansativo.”

“O desafio é meio que superado.”, acrescenta. “A realização e a confiança que as pessoas depositam em você para fazer esse papel e, em seguida, há também a vibração de ser capaz de entrar no set e definir o humor, o tom e a confiança que está sendo colocado nele é algo que tem sido uma honra. E eu amo a minha experiência em [Batwoman]. Estou tão grata por termos conseguido tudo o que fizemos e estou orgulhosa de todos que trabalharam nisso. Estou orgulhosa de mim mesmo por trabalhar em circunstâncias como essa, você sabe, com a recuperação e tudo mais. Eu definitivamente faria [TV] de novo. Eu só acho que também era hora de fazer uma pausa para me curar totalmente e depois voltar.”

Rose explica que sua decisão de deixar a série de super-heróis não foi apenas devido aos seus ferimentos.

“Não foi tanto [a lesão], especialmente porque depois que terminamos não conseguimos terminar o final real por causa da COVID.”, diz ela. “Você sabe, você tem tempo em quarentena e o isolamento para pensar sobre um monte de coisas diferentes e o que você quer alcançar na vida, o que você quer fazer. Acho que para ambos [eu e os produtores], foi uma grande oportunidade de dialogar sobre muitas coisas. Eu os respeito tanto e eles têm sido tão respeitosos comigo.”

“Eu acho que foi realmente uma maneira bonita de fazer algo, especialmente porque essa foi a primeira vez que foi feito – a primeira vez que Batwoman foi abordada em live-action e que ela era LGBTQ. Estou muito honrada por ter sido capaz de interpretá-la.”

E quanto a qualquer conselho que ela possa ter para Javicia Leslie, que interpretará a próxima Batwoman, Ryan Wilder, Rose diz que não tem dúvidas de que Leslie tem potencial para isso.

“Nenhum! Acho que ela definitivamente sabe o que está fazendo e parece fantástica.”, diz Rose. “Eu acho que, honestamente, eu estava tão orgulhosa e tão feliz quando me disseram quem estaria me substituindo. Estou muito feliz e definitivamente vou assistir a próxima temporada também e ver como tudo se encaixa.” conclui a atriz.

Novidades sobre a série ‘Batwoman’ devem ser apresentadas no DC FanDome, no dia 22 de agosto.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias