Fiquem atentos que abaixo poderá conter spoilers da edição #7 de Liga da Justiça Sombria.

Depois de meses de presságios e avisos, os monstros da Otherkind fizeram sua estreia na edição #7 de Liga da Justiça Sombria. A edição apresenta uma proposta bem diferente, sendo contada em forma de antologia. A história é narrada pelo Morcego Humano, o volume apresenta textos arrepiantes sobre os membros da equipe monstruosa.

O primeiro mostro a ser introduzido é conhecido apenas como A Sopa. Essa abominação composta de órgãos e gosma dentro de uma forma humana é mais poderosa que o próprio Diabo. Lucifer Morningstar foi atacado e derrotado por esse ser bizarro. A Sopa tem a habilidade derreter qualquer coisa utilizando seu fluído ácido.

Após a Sopa, quem aparece é o Conjunto. Ele tem o poder se fundir dois seres vivos em uma única entidade grotesca, em corpo e mente. Andrew Bennett consegue escapar do ataque mental desse monstro, mas a influência do vilão continua presente em sua cabeça.

Outro membro da equipe é a Prole. Mais do que um membro, a Prole é uma equipe por si só. Essa entidade é constituída por inúmeras criaturas pequenas e vorazes que vivem dentro de um corpo hospedeiro. Na HQ, a Prole luta contra o Frankestein, que acaba implodindo o próprio corpo para acabar com o ataque.

História é narrada pelo Morcego-Humano

Finalmente, a HQ nos apresenta Rasgo, um ser interdimensional que pode atacar praticantes de magia até mesmo após a morte. Giovanni Zatara e Sargo, O Feiticeiro tentaram lutar contra a criatura, mas não puderam fugir de seus tentáculos.

Levada para a terra pelo Homem-Invertido, a Otherkind deve se provar um dos maiores desafios enfrentados pelos heróis até hoje.

Liga da Justiça Sombria #7 já está disponível nas lojas de quadrinhos dos Estados Unidos.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias