Tom King chama a próxima maxi série nos quadrinhos “Batman/Mulher-Gato” de “culminação” de sua carreira de dois anos a frente do título do Batman, mas também é o “início” de algo que ele espera “quebrar uma barreira” dentro da DC.

“Este é o fim que eu sempre quis escrever para Batman e Mulher-Gato: O culminar não só do que fizemos antes do casamento e depois, mas dos 80 anos e contando essa relação entre herói e criminosa.”, disse King em entrevista ao DC Connect #5.

“Mas também é o início de algo; é uma série independente, que é muito mais ambiciosa do que qualquer coisa que tentei no Batman – ´é minha tentativa de contar uma história que diz tudo o que tenho a dizer sobre esses personagens e como eles afetam uns aos outros e a nós.”

Esta será a mais recente série autônoma de 12 edições que King fará para a DC, seguindo Omega Men, Senhor Milagre, e a atual Strange Adventures. Em Batman/Mulher-Gato, ele está lidando com um romance – mas também múltiplas linhas temporais.

“Para as pessoas que leram a minha [corrida do Batman], a premissa básica aqui é que temos três cronogramas que estão em Batman Annual #2 (a primeira e última edição do beijo)”, explica King. “Vemos Batman e Mulher-Gato no início do relacionamento após o primeiro beijo, vemos eles agora, e vemos o fim, depois do último beijo. Isso nos permite ver sua evolução – como a Mulher-Gato passou de desonesta para parceira, e o que essa transição custou a ela.”

Agora, a Mulher-Gato virou uma parceira e até esposa e mãe dos filhos do Batman… mas essas mudanças foram posteriormente deixadas de lado. Porém, em Batman/Mulher-Gato, King está tentando “quebrar essa barreira” e dar um verdadeiro “crescimento” ao relacionamento desses personagens.

“Nos quadrinhos, a única coisa que não temos muito é o crescimento. Estamos meio presos a uma única história.”, diz King. “Em Batman/Mulher-Gato tentamos quebrar essa barreira, e dar-lhe uma história e um momento que você nunca viu antes.”

James Tynion IV, que assumiu o título de Batman da DC depois da saída de Tom King, disse anteriormente que Batman/Mulher-Gato estava “meio que se movendo fora dos limites da continuidade, tanto quanto eu entendo…”

Batman/Mulher-Gato #1 (de 12) será lançada nos EUA no dia 1º de dezembro.

Via: [Newsarama]

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias