Imagina o que os criadores da edição World’s Finest #153 (1965) pensariam se lhes dissessem que um de seus quadros na HQ faria história na internet, nos tempos atuais.

Desde 2008, a imagem do Batman batendo no Robin tem sido reimaginada, reaproveitada e reescrita inúmeras vezes para zombar de uma variedade de assuntos, da cultura pop até os eventos atuais. Agora, a última edição do Batman coloca sua própria versão sobre esse clássico meme, tendo Batman sendo esbofeteado por ninguém menos que Alfred Pennyworth, seu falecido confidente e mordomo.

Na edição, o Homem-Morcego está sofrendo potentes alucinações como resultado da toxina do Coringa e da Punchline. Batman foi resgatado e recebeu um chá especial da Arlequina, que deve ajudar a curar o Cavaleiro das Trevas do delírio. Inconsciente mais uma vez, Bruce Wayne encontra Alfred, que morreu durante o arco “Cidade de Bane”, cuja voz ele também tem escutado em sua cabeça ajudando a falar sobre os planos sombrios do Coringa para ele e Gotham City.

No entanto, a verdade de Alfred só parece deprimir ainda mais o Bruce, fazendo-o perceber que após a morte do mordomo ele se sente culpado e se afastou dos outros membros da Bat-Família, e que sua promessa de refazer Gotham na memória de Alfred só permitiu que o Coringa e suas forças assumissem o controle dele e de seus recursos. Mas quando Bruce se declara um fracassado, Alfred decide dar um basta e tenta um método diferente. Frustrado com a vontade de Bruce de desistir, Alfred dá um tapa na cara de Bruce, dizendo-lhe : “Sem falhas, a história ainda não acabou.”

‘Batman #98’ foi lançada recentemente nos EUA.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias