Os diretores John Francis Daly e Jonathan Goldstein que deixaram o projeto do filme solo do Flash de Ezra Miller, comentaram durante entrevista ao THR, sobre a sua saída da produção e a chegada do Snyder Cut de Liga da Justiça.

“O desafio era abordá-lo como se fosse um filme muito menor e não se deixar levar pelo fato de que você tem mais de US$ 100 milhões para gastar e começar a pensar nos maiores cenários que você pode construir. Em vez disso, nos concentramos nas coisas que poderiam torna-lo especial para o público. Você não precisa de muito dinheiro para fazer o certo. Foi assim que abordamos o Flash.” comentou Goldstein.

Sobre a chegada de Liga da Justiça de Zack Snyder, Jonathan Goldstein comenta: “Já estava na hora. Havia um movimento tentando fazer isso acontecer. Ele também se alinha às novas necessidades corporativas – eles têm uma nova plataforma para promover. Estou curioso para ver qual é a diferença depois de tudo isso.”. Daley disse: “Aparentemente, eles estão gastando US$20 milhões para aperfeiçoar alguns dos efeitos inacabados e outras coisas, o que é meio que incompreensível para mim, porque esse é o custo de um filme de baixo orçamento.”.

“The Flash” será dirigido por Andy Muschietti, com data de lançamento prevista nos cinemas para junho de 2022.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias