Os próximos filmes da DC que esperamos ansiosamente para assistir!

Desde 2013, a Warner/DC planeja um universo estendido com seus personagens. Desde então nós acompanhamos os acontecimentos e suas consequências e direcionamentos. Assim as condições no qual esses filmes futuros e o conteúdo já existente separa alguns filmes peculiares que já queremos para amanhã. São esses:

 

Aquaman

Junte Jason Mamoa, um diretor competente no universo do terror em James Wan e a mitologia de Atlântida com monstros, exércitos da escala Star Wars e política do nível de Game of Thrones. Assim como Mulher-Maravilha estabeleceu um personagem importante e relevante, Arthur Curry tem tudo para se redimir da imagem de herói galhofa e sem noção oriunda dos tempos de “Superamigos”. Como o universo da DC nos cinemas se baseia nos novos 52, não falta material de qualidade para se basear em um arco para o personagem, visto que Geoff Johns participou na construção dela.

 

Shazam

Uma palavra. Essa é a diferença entre uma criança pobre, mas com coração nobre para um brutamonte com cabeça de moleque. Assim Billy Batson se destaca em relação aos outros heróis da DC. Sua jornada e história é facilmente relacionável com o público PG-13. A presença do Superman dentro do universo deve ser usada como fator de inspiração na jornada do herói.

Batgirl

Mais uma vez, Mulher-Maravilha tem sua parcela de contribuição para um personagem não muito popular tem o seu próprio filme. A história de Barbara Gordon (ou de quem for a Batgirl também) tem suas parcelas compartilhadas com o mundo do Batman, mas ela pode se separar e criar uma identidade própria e se identificar com o público, principalmente com o feminino. Com Joss Whedon na missão de produzir, escrever e dirigir ficamos na expectativa de material qualificado chegar em nossas mãos, baseado no histórico dele (tirando Age of Ultron.).

Tropa dos Lanternas Verdes

Até agora, o universo DC no cinema não me explorou muito o universo além da Terra. Que tal preenchemos esse buraco com os Lanternas que são os Guardiões do Universo e possuem variedade de personalidades e culturas a serem exploradas. Hal Jordan e John Stewart prometem tem uma dinâmica ao estilo Máquina Mortífera, o veterano mais sisudo e o calouro mais ansioso e incontrolável. Junte ao fato que temos Sinestro e Atrocitus sempre tramando contra a Tropa e o universo com seus sentimentos de medo e raiva por alimentar seus respectivos anéis. Uma indicação: leia o material deles dos novos 52 e do Renascimento.

Flashpoint

O evento que fez a transição da era de Ouro para os novos 52 é um dos arcos mais conhecidos e bem-conceituados dos últimos anos na editora. Talvez os executivos do DCEU tenham escolhido esse arco para o filme do Velocista Escarlate. Já tivemos um aperitivo de viagem no tempo em Batman vs Superman, agora como o futuro da DC poderá ser influenciado e mudado com essa viagem? Só de pensar as possibilidades, podemos ficar animado com a produção do filme.

The Batman

Investigar e andar por Gotham em uma época onde a máfia e os vilões do Batman estão quase todos já em ação já é um motivo de animação para o futuro filme do morcego. Junto com o Batfleck que bebeu muito das fontes dos quadrinhos e dos videogames e na direção de Matt Reeves (Trilogia Planeta dos Macacos) temos razões para acreditar em um filme que pode até superar aqueles de Christopher Nolan.

 

 

Matheus Fernandes

Matheus Fernandes

Sou Matheus Fernandes, formado pela UNINOVE-SP em Comunicação Social – Jornalismo. 22 anos e não sou o melhor no que faço, mas para quem eu faço. Fã dos Lanternas Verdes, Batman e outros. Curte esportes americanos e futebol brasileiro e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *