Você possui alguma dúvida porque o próprio Clark Kent matou o General Zod no filme O Homem de Aço de 2013? Bem, o escritor do filme David S. Goyer tem uma resposta para você. Via: [Newsarama].

Durante um painel na Comic-Con At Home, David Goyer disse: “Eu entendo que as pessoas têm problemas com isso. Mas ao adaptar algo assim… Você tem que tomar balanços enormes.”.

O escritor revelou uma cena excluída que poderia ter oferecido mais informações sobre a batalha do Superman durante esse momento controverso. “Ironicamente, houve uma cena que escrevemos e que não foi filmada em que [o pai adotivo do Superman] Jonathan [Kent] leva o jovem Clark à caça e eles matam um veado, e o jovem Clark é impactado pelo ato, e Jonathan diz: ‘É uma coisa poderosa tirar uma vida, mesmo se você for forçado a tirar uma vida.’  Sempre achei que teria sido interessante… Nós nunca filmamos isso.

Ele acrescentou: “Estávamos tentando contar um tipo diferente de história do Superman, uma história do Superman que nunca havia sido contada antes. Foi preciso dar grandes golpes. Falamos sobre isso, se as pessoas aceitariam ou não. A redação da DC aceitou. Isso não significa que não foi um erro. Mas se você sentar lá e dizer, “Eu não quero correr nenhum risco…” Essa não é uma maneira saudável de abordar o material.” conclui.

David S. Goyer também está envolvido na série da Netflix, “The Sandman”, e espera que as filmagens possam começar em outubro.

‘O Homem de Aço’ estreou em 2013, dirigido por Zack Snyder, e é o primeiro filme do universo estendido de produções da DC nos cinemas.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias