O filme Liga da justiça estreou há quase um ano, mas as polêmicas em relação a ele ainda vigoram. Principalmente porque o longa dividiu opiniões do público e da crítica – enquanto alguns aprovaram as regravações e a edição final feita pelo diretor Joss Whedon -, outros preferiam de ter visto a obra planejada pelo diretor original, Zack Snyder, que também esteve à frente de O homem de aço e Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Para relembrar: Snyder se afastou da produção em plena reta final para lidar com a então recente perda de sua filha. Assim, Whedon, que tem no currículo a direção dos primeiros filmes dos Vingadores, ficou responsável por dar continuidade ao trabalho. No entanto, devido a diferença contrastante entre as visões de Snyder e Whedon para o filme, o resultado foi um longa sem estrutura definida, resultado de conceitos, tom e ideias misturados.

Isso fez com que os fãs fizessem uma petição para que a produtora disponibilizasse ao público o corte original de Snyder, que dificilmente poderá acontecer.

Mas o próprio diretor revelou recentemente mais uma pista sobre o final que planejava. Um fã divulgou em uma rede social uma imagem das cenas extras da versão doméstica do filme, em que a equipe (incluindo o Superman) é vista olhando para a mesma direção. O próprio diretor respondeu à publicação:

“É do final, (com a equipe) olhando para um tubo de explosão”, afirmou Snyder.

Os tubos de explosão são portais interdimensionais abertos pelas Caixas Maternas – instrumento central do filme. Embora não tenha mencionado Darkdseid em sua resposta, é possível imaginar que a equipe estivesse olhando para o grande vilão da DC do outro lado de um tubo de explosão, seja para resgatar o Lobo da Estepe ou mesmo após ele ter sido derrotado.

De qualquer forma, existe a possibilidade de que Snyder realmente pretendia fazer uma breve introdução ao Darkseid antes de explorar o vilão por completo na franquia, reforçando a ideia de continuidade que os filmes do DCEU tinham até então.

Sobre Flávia

Avatar

Acredito em signos, no amor e em Snydeus. Gosto de tudo quanto envolve a cultura geek, e minha história com a DC não começou pelos heróis, mas sim pelos vilões. Personagens complexos e com profundidade têm um lugar especial no meu coração, então, nem preciso dizer que meus favoritos são Batman e Coringa.

Últimas notícias