Em entrevista ao portal EWGal Gadot comentou sobre as críticas a Liga da Justiça:

“Quando comecei a filmar Liga da Justiça, foi literalmente um dia depois de terminar Mulher-Maravilha. Então era a mesma coisa, mas diferente. E foi realmente muito bom dividir o palco com um grande elenco e trabalhar com alguns dos caras novamente. Foi muito divertido. Obviamente não era sobre a Mulher-Maravilha, ela estava ajudando uma história maior”.

A atriz também falou sobre as críticas de James Cameron ao filme solo da personagem e por qual motivo não falou nada sobre o assunto:

“Eu não queria dar palco para ele. Antes de tudo, sou grande fã do trabalho dele. Os filmes são incríveis. Ele foi muito inovador em várias coisas que fez e não tenho nada além de grandes coisas para falar sobre a parte criativa e profissional do trabalho. Quando [as declarações] aconteceram, no momento em que aconteceram, ele estava divulgando um filme, então era como se ele estivesse procurando por publicidade e eu apenas não queria dar a ele esse espaço”.

Liga da Justiça segue cartaz no Brasil. A produção já ultrapassou a bilheteria nacional de Batman vs Superman – a Origem da Justiça e se tornou a maior produção da Warner no país.

Leia nossa crítica de Liga da Justiça.

 

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias