Um dublê do Homem Morcego no filme Esquadrão Suicida de 2016, afirma que o Batman de Ben Affleck tinha mais cenas além do que foi para a versão final do cinema.

A cena em questão é a que o Batman persegue o Coringa de Jared Leto e a Harley Quinn de Margot Robbie enquanto fugiam em um Lamborgini pelas ruas de Gotham, e que leva a prisão da Harley em Belle Reve. O dublê Richard Cetrone diz que a cena era originalmente um pouco mais longa.

Ele falou recentemente com Lady Falcon no YouTube, reportado pelo Heroic Hollywood, sobre trabalhar no filme e revelou que a cena foi mais longa do que chegou na versão dos cinemas. Ele explicou que fez mais durante a perseguição, como tentar invadir o carro de várias maneiras diferentes. Richard Cetrone também disse que acha que haveria mais coisas do Batman de Ben Affleck no filme se o corte do diretor David Ayer seja lançado em algum momento.

“Havia algumas coisas. Eu fiz um pouco mais com o carro, como tentar entrar no carro, tentando passar pelo teto. Então eu fiz um pouco mais. Provavelmente haveria um pouco mais de Batman lá dentro.” disse Cetrone.

Na época, o filme teve vários problemas na pós-produção. A classificação indicativa caiu de +18 para PG-13 nos EUA e o corte oficial e final do longa não saiu das mãos do Ayer, mas sim de uma produtora contratada pela Warner. ‘Esquadrão Suicida’ arrecadou aproximadamente US$ 745 milhões ao redor do mundo. Mais detalhes sobre a versão de diretor do filme você pode conferir neste -link-.

Em 2021, James Gunn apresentará um nova versão do Esquadrão Suicida nos cinemas.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias