Arlequina vai completar 25 anos no próximo dia 23 de setembro e Paul Dini, criador da personagem, falou sobre o desenvolvimento da vilã – que estreou na animação clássica do Batman dos anos 90.

O roteirista lembrou do primeiro episódio e de seu sentimento ao vê-la na tela;

“Eu achei que ela iria se dar muito bem. Ela apareceu com muito humor e simpatia, rapidamente virando uma personagem que todos queriam ver mais uma vez. Então, colocamos na cabeça que faríamos um novo episódio onde ela seria a ajudante do Coringa e depois de fazer uns dois, percebemos que tínhamos uma personagem que a equipe gostava e que somava muito ao Coringa. Por isso, decidimos mantê-la por perto”, afirmou.

Recentemente, a Warner anunciou que fará um longa da Arlequina com o Coringa. O filme será uma “história amorosa de crime”. A produção já tenta acertar detalhes dos contratos dos atores mas só deve acontecer depois de Esquadrão Suicida 2. Atualmente a DC prepara nas HQs um especial sobre ambos os personagens.

Sobre Willyan

Willyan Bertotto

Publicitário. Diretor de Arte, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação.

Últimas notícias