Stan Lee | Uma lenda do universo dos quadrinhos que jamais será esquecida

Na última segunda-feira (12/11), perdemos o grande Stan Lee, um dos maiores artistas do mundo dos quadrinhos e criador de super-heróis que marcaram o gênero. Por isso, reunimos a equipe editorial do Terraverso para falar um pouco do que ele representa para cada um de nós e sua importante contribuição ao legado da cultura pop. Confira:

Daniel Martins

O que dizer da pessoa que simplesmente pavimentou o caminho de tantos filmes e séries que dominam o imaginário de todos nós nos dias de hoje? Stan Lee foi essa pessoa, catalisador de tantas ideias maravilhosas que foram transpostas aos quadrinhos, e posteriormente à várias outras mídias. Além das criações, Stan merece um lugar especial no coração de todos nós também por acreditar nos seus sonhos, pois sem o esforço dele em vender suas ideias e seus maravilhosos e falhos heróis, todo o sucesso do meio que existe hoje não seria possível de ocorrer. Portanto, que todos possamos reconhecer que Stan Lee teve uma participação imensurável na existência de toda a cultura pop da atualidade. Descanse em paz, mestre!

Flávia Firmino

Em um mundo onde existem gostos tão plurais, os quadrinhos nem sempre figuram com prioridade. Isso faz com que as mentes geniais desse meio não sejam somente uma referência de qualidade. Stan Lee era como um dos padrinhos dos fãs da cultura nerd/geek, e essa é a sensação que tenho com sua perda: de quem dá adeus a quem fez seu trabalho com o coração e o dedicou inteiramente aos fãs, deixando um legado que excede as páginas das HQ’s.

Gabriela Orsini

A importância de Stan Lee para a cultura pop vai muito além de suas participações nos filmes da Marvel, e no filme de Jovens Titãs em Ação. Não posso deixar de ser grata pelo tanto que ele fez pelos nerds, foram muitos momentos históricos e marcantes. Apesar de não ter a vida mais moralmente correta, ele foi um ídolo para muitos e trouxe muitas alegrias e emoções para todos! Serei sempre grata por tudo que ele criou e ajudou a trazer para nossas vidas, e assistirei suas participações nos filmes sempre com o coração cheio de gratidão! Uma pessoa pode fazer a diferença, sim!

Leonardo Henrique

Os chamados da vida são grandes responsabilidades, imagina o poder de criar personagens, e esses mesmos romperem as páginas dos quadrinhos para protagonizar no cinema, ser colecionáveis em nosso cantinho mais íntimo e o melhor de tudo: nos dão garra para superar desafios, teia para voar mais alto e sermos fantásticos naquilo que fazemos. Stan Lee também é e segue com a gente em suas participações nos filmes de diversas franquias que tanto gostamos, animado, conselheiro ou enigmático é um respiro na poltrona. Que o legado da sua história siga sempre fazendo novos fãs, e que sigamos sabendo que isso também é um pouco da nossa responsabilidade daqui em diante.

Lucas Nunes

Uma vez me falaram que não existem rivalidades se as histórias forem boas e se tratando de editoras como Marvel e DC é indiscutível a qualidade de ambas. Apesar de estar no lugar de fala de um fã da DC, estou aqui na condição de um admirador do universo dos super-heróis como um todo para lamentar a grande perda que tivemos. Desejo de todo coração que o céu dos artistas receba em festa este grande homem chamado Stanley Martin Lieber, mais conhecido como Stan Lee.
Deixo meu muito obrigado por toda tua contribuição para o mundo das HQs e da cultura pop como um todo. Gostaria de agradecer à Casa das Ideias (Marvel Comics) pelos momentos de distração e entretenimento. E claro pela contribuição acadêmica, afinal meu TCC foi sobre o “Spider Man”. Não vejo sua morte como definitiva, pois cada personagem criado leva consigo um traço de tua personalidade e eles continuarão levando teu nome para as próximas gerações.

Marcelo Coelho

Stan Lee com certeza está no Hall da Fama de todos os nerds do mundo. Não existe essa de ser da Marvel, ele ama os super-heróis e os criava — com muita ajuda é claro — de uma maneira bela, como se fosse um artista esculpindo a sua mais linda obra de arte. Stan Lee deixará saudades, por tudo que fez e ajudou a criar nesse grande mundo nerd. Obrigado, jamais será esquecido!

Professor DCnauta

Independente de você nunca ter lido uma revista em quadrinhos, provavelmente você conhecia Stan Lee. Ele estava longe de ser apenas uma aparição ilustre nos filmes da Marvel, era uma das mentes mais criativas do século XX. Lee definiu caminhos na indústria da Nona Arte e se tornou a face pública da editora a qual ajudou edificar, a Marvel Comics. Foi com incredulidade que recebi a notícia de sua morte. Para muitos de nós, fãs desse universo de história em quadrinhos, Stan Lee era imortal, ou seja, sempre estaria ali nos mandando conselhos e fazendo suas cativantes aparições, mas quis o destino que ele partisse em 2018. Lamentamos sua morte, mas é na sua passagem por este mundo e pelo legado que deixou que podemos dizer: “Stan Lee é imortal”.

Rebeca Vilas Boas

O Stan Lee é uma referência muito forte no meu crescimento como fã de quadrinhos, mesmo ficando triste por quem ficou pra trás com a sua notoriedade. Não se pode negar o carisma e como seus cameos tornavam mais agradáveis até os filmes do Hulk. Suas criações e influências ecoarão pelo tempo, mesmo quando os filmes que formam o universo de heróis da atualidade sejam vistos no futuro com o mesmo olhar que temos sobre o cinema mudo e o nome Stan Lee se tornar mera lembrança, seu legado permanecerá, pois o mundo sempre precisará de heróis.

Ricardo dos Santos

Não existem palavras para descrever o sentimento desta perda, parece que Thanos estalou seus dedos mais uma vez e se foi uma metade dos corações de muitos dos fãs de quadrinhos do mundo todo, Stan Lee deixou lições valiosas para garotos e garotas de diversas gerações. Eu vejo por um amigo próximo o que este gênio significa para Marvel, o quanto dói perder alguém que fez parte da sua vida por tanto tempo com seus personagens, carisma e visão sobre uma história em quadrinhos. Os filmes da Marvel sempre irão faltar uma pequena pecinha, aquela que sempre se encaixa juntando todas as outras ou aquele robozinho que se junta com outros robozinhos formando um robô maior. Hoje Stan Lee passa de um ícone, o vigia, o velhinho engraçado que aparece nos filmes da Marvel para ser mais um eterno, alguém que ficará na história e nos corações de muitas gerações hoje e eternamente.

Rodolfo Monteiro

É difícil pensar sobre todas as lições que o velho Stan me ensinou… Primeiro ele me disse que uma família, mesmo que estranha ou fantástica, deve ser sempre unida. Depois, que com grandes poderes vem grandes responsabilidades. Outra delas é que mesmo que o mundo esteja contra você, mesmo que as pessoas te vejam como um estranho, você sempre vai valorizar a vida humana. E entre tantas outras, a que permanece é aquele que diz que não importa a sua idade, a sua cor, a sua sexualidade… Você tem o direito de sonhar, de criar de ser um heróis. Sejamos todos nós heróis, para a nossa vizinhança, a nossa comunidade, para nós mesmos. Sejamos todos um pouquinho de Stan Lee e ele permanecerá vivo eternamente.

Shelton Silva

Um fato corriqueiro na vida de quem é fã de quadrinhos é o momento de lidar com a perda. Heróis vêm e vão. Mesmo quando sabemos que inevitavelmente eles voltaram de alguma forma, a morte é sempre sentida. O mundo dos quadrinhos e a cultura pop perdem Stan Lee. E sabemos que ele não vai voltar. O homem morre para dar lugar ao seu legado.

No dia 12 de outubro de 2018, Stan Lee escreveu as últimas linhas de sua maior criação, sua própria história. Uma história impossível de dissociar daquela vivida nas milhares de revistas, e da agora dezena de filmes. Como seus heróis ele também tinha suas falhas e contradições.

Dessas contradições surgiu seu principal legado-elevar os eleitores ao patamar de seus heróis. Para Stan Lee super heróis não eram deuses perfeitos e inacessíveis. Antes de qualquer coisa eram pessoas como nós. E a despeito de seus dons especiais aquilo que os tornava verdadeiramente heróis era escolher fazer o certo, não importando a situação. Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades, ensinou. Excelsior Stan Lee.

Willyan Bertotto

Stan Lee sai da vida para entrar na história. Essa é mais uma das grandes mentes que ficará imortalizada no coração dos fãs da cultura pop. Um ser extraordinário que construiu um legado além do seu tempo. Tempo? ESQUECE! Stan rompe as barreiras e limites da vida que o tempo proporciona. Lee está vivo em Peter Parker, Bruce Banner, Tony Stark e muitos outros personagens imortalizados pela sua mente. Seu legado é vivo e vibrante. Seguirá emocionando gerações com histórias que falam sobre a nossa vida, sobre nossa realidade, sobre questões políticas que envolvem a voz e a vez das minorias, conforme retratado na sua maior criação, os X-Men. Stan é atemporal, gênio e acima de tudo, um ser imortal.

Excelsior!

Willyan Bertotto

Publicitário, Designer e Batmaníaco. Fã incondicional da DC Comics e pesquisador assíduo desse universo e todas as suas possibilidades de transformação. Siga o Will nas redes: