Coringa | Membro da produção comenta um dos maiores mistérios do filme

O filme Coringa a cada semana se consolida não apenas como um sucesso cinematográfico, depois da conquista de um Leão de Ouro em Veneza, mas também um sucesso de bilheteria arrecadando um valor próximo aos U$800 milhões de dólares.

O longa como já revelado em nossa crítica sem spoilers , vemos a decadência de Arthur para a loucura em meio a uma Gotham em completo caos. Dentre os diferentes mistérios, está a morte de Sophie interpretada por Zazzie Betz. O diretor de fotografia do filme, Lawrencer Thur, comentou sobre algumas conversas que teve com o diretor Todd Phillips sobre o desfecho da personagem.

“No geral, o seu relacionamento com a Sophie é uma fantasia. Algumas pessoas me perguntaram ‘Ela foi morta?’ Ele (Todd Phillips) deixa claro que ela não foi morta. Arthur esta matando pessoas que fizeram mal a ele e, de certa forma, Sophie nunca fez mal a ele. Nos termos do que fizemos visualmente para trabalhar com o real e o não real, existem algumas cenas que se espelham. Nós deixamos pistas usando o imaginário e talvez nós colocamos algumas cenas similares. Fora isso, eu gosto que as pessoas conversem e tirem suas próprias conclusões” comenta o diretor de fotografia a respeito de como foi desenvolvido todo este contexto sobre a personagem Sophie e seu desfecho no filme.

O filme deixa em aberto para interpretações, discussões e diferentes formas de entendermos tudo que foi contado. A ideia proposta por Todd Phillips de gerar essa discussão, também é uma das fórmulas para o grande sucesso da produção. Coringa segue em cartaz nos cinemas brasileiros.

Ricardo dos Santos

Fã de quadrinhos, séries, filmes e games. Apaixonado por DC de Grant Morrison a Alan Moore. Mais um privilegiado de estar na amada Terraverso.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of